A Experiência Artística na Formação do Indivíduo

projeto

A Experiência Artística na Formação do Indivíduo

INSTITUIÇÃO

Paideia Associação Cultural

REGIÃO

São Paulo – SP

ANO

2019

O projeto

Espaço cultural público situado na Zona Sul de São Paulo (Capital), a Paideia tem como foco principal o teatro voltado para a infância e a juventude. Este projeto da Associação usa como ferramenta a experiência do teatro para dar voz a estes jovens, levando em conta seu modo peculiar de compreensão do mundo, com aulas de práticas teatrais, dramaturgia, coral, e experiências com iluminação e figurino. O trabalho já é desenvolvido há mais de uma década com alunos da EMEF Carlos de Andrade Rizzini, utilizando e não visa a formação de atores mas sim, propiciar através da experiência concreta do fazer teatral, a ampliação do número de apaixonados pelo teatro.

Objetivos

– Fazer com que as crianças e adolescentes se tornem, em sua comunidade, multiplicadores do saber e do fazer teatral como ferramentas de inclusão social e de ampliação de perspectivas culturais.

– Ampliar do projeto para a E.E. Odete Maria de Freitas, no município de Embu das Artes (SP).

– Expandir o grupo de Vivência Teatral para Professores.

– Aprofundar e consolidar a experiência do Teatro Aberto, programa em que a vivência teatral é expandida para antes e depois do espetáculo, oferecendo à criança a oportunidade de uma vivência verdadeira e compartilhada do prazer de criar e de descobrir o fazer teatral.

resultados

– Apresentação de três peças teatrais na EMEF Carlos de Andrade Rizzini, com a participação de 180 crianças e jovens no total. O projeto com essa escola permite, hoje, que a criança tenha contato com o teatro já no primeiro ano, acompanhando e participando do processo criativo, assistindo peças de teatro da Paideia e se quiser, fazendo parte do grupo de vivência teatral.

– Apresentação de três peças teatrais na E.E. Odete Maria de Freitas, com a participação de 110 crianças e jovens no total. A escola também participou do Festival Internacional da Paideia.

– O grupo de Vivência Teatral para Professores não só se tornou um grupo consistente no que diz respeito à relação com o fazer teatral, como tem se envolvido com o projeto da Paideia como um todo. O grupo reúne cerca de 30 professores semanalmente, todos engajados na crença de que é muito importante levar seus alunos ao teatro; por isso, tem arregimentado grande número de crianças e jovens para assistirem às peças da Paideia.

– O Teatro Aberto atingiu mais de 570 crianças e jovens com sua proposta inovadora de vivência teatral expandida, por meio de nove peças teatrais apresentadas em locais diversos, durante o período.